Prazo termina às 23h59 de quinta-feira (22)

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu), primeira edição de 2015, foi aberto nesta segunda-feira (19) para inscrições. Os candidatos podem concorrer, com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, a mais de 200 mil vagas em instituições públicas de ensino superior por todo o país. O prazo termina às 23h59 de quinta-feira (22).

>> Faça sua inscrição
>> Acesse sua nota no Enem 2014

Pode se inscrever no Sisu quem fez o Enem 2014 e não tirou zero na redação. O estudante deverá ter em mãos o número de inscrição e a senha no exame – caso você não os tenha, pode recuperá-los aqui. Será possível optar por até duas opções de curso e especificar a ordem de preferência das vagas.

Nota de corte

Diariamente, a partir de amanhã (20), o Sisu irá informar a nota de corte para cada curso e a classificação estimada dos candidatos. A classificação é apenas provisória e irá variar conforme a quantidade de inscritos e a nota de cada um deles. Ela não garante a seleção do estudante para a vaga. Por isso, é importante que o candidato monitore o sistema diariamente para acompanhar a sua situação.

Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados e o boletim de acompanhamento irá trazer a classificação e resultado final. O candidato que não for selecionado em nenhuma das duas opções de curso, e aquele selecionado somente na segunda opção, poderá aderir posteriormente à lista de espera. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 26 de janeiro, assim como a abertura das inscrições para a lista de espera.Sisu_site
O Sisu 2015

Na primeira edição de 2015, o Sisu conta com 205.514 vagas, 20% a mais em comparação com a edição de janeiro de 2014, quando 171.401 foram colocadas à disposição dos estudantes. O destaque fica para os cursos de Medicina, que aumentou 28% da quantidade e ficou com 3.758 vagas, e para os cursos de Engenharia, que irão passar de 25.128 em 2014 para 30.749 em 2015.

Do total de 63 universidades federais, 59 participam do Sisu neste primeiro semestre. Todos os 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e os dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) oferecem vagas pelo sistema.

Cotas no Sisu

A reserva de vagas conforme a Lei de Cotas (Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012) é implementada gradualmente (12,5% a cada ano, desde 2013), até alcançar o percentual de 50% em 2016. Este ano, o percentual mínimo a ser reservado pelas instituições para os estudantes de escola pública é de 37,5%. No entanto, do total de 99 instituições federais participantes do sistema (59 universidades e 40 instituições de educação profissional), 68 já reservam 50% ou mais para egressos de escolas públicas.

Fonte [GE]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here